quinta-feira, 13 de junho de 2013

Doses de nada
embriagam-me de tudo
que amanhã
não existe

ainda
ontem
- a sensação 
do lábio na taça-
persiste

Um comentário:

Anônimo disse...

=]